A Sós Com o Pai – Eula Cris

172
Published on 16 de janeiro de 2021 by

Sabe pai, senta aqui comigo reservei esse momento
Pra conversar contigo
Sabe, pai, a vida é tão difícil
Mas sei que tudo está no teu controle no teu comando
Ó pai, ó pai. Só que às vezes, o desânimo quer bater a porta
A perseguição quase sufoca, meu triste coração
E o desprezo quer me obrigar a me trancar no quarto
Desacreditar nos planos que o senhor já traçou pra mim
Já terminou filho?
Sim, pai
Escute filho, o que eu tenho para te dizer é o seguinte
Relaxa esse coração agora e acredite que os meus planos
Não serão frustrados, nunca te deixei
Sou teu amigo, e muito mais que isso eu sou
Eu te gerei! Somente por aí dá para perceber
Do que sou capaz, de fazer
Agora levanta,
Que é de pé que eu quero agora a minha glória te mostrar
Vou te mostrar que nunca te deixei pra que desesperar
Que quando estou calado é porque estou a trabalhar
Por você! Quando estás maquinando, caminho estranho
Eu vou no oculto e mudo o roteiro, pra tu saber que eu
Quem te chamei tiro do cativeiro eu cheguei
Pra mudar a história, pra te dar vitória
Sou eu que vou soprar, sou eu quem vou fazer
Sou eu que vou chamar e vou surpreender
Sou eu quem vou abrir as portas pra você, então descansa filho
Sou eu quem sou capaz fui eu quem permite
Essa perseguição tudo porque eu quis pra ver se tu lembrava
De um dia me chamar, pra gente conversar
Que bom que tu paraste pra conversar comigo
Mudei todo sistema, porque sou teu amigo
Eu quebro protocolos, converso com os grandes
Desmancho toda regra e sopro o teu nome
Levante a cabeça, deita aqui no meu ombro
Receba abraço meu, porque eu sou teu Deus
Filho valeu a pena esse nosso encontro
Você não vai morrer tem novidade pra você
Agora levanta,
Que é de pé que eu quero agora a minha glória te mostrar
Vou te mostrar que nunca te deixei pra que desesperar
Que quando estou calado é porque estou a trabalhar
Por você! Quando estás maquinando, caminho estranho
Eu vou no oculto e mudo o roteiro, pra tu saber que eu quem te chamei tiro do cativeiro eu cheguei
Pra mudar a história, pra te dar vitória
Sou eu que vou soprar, sou eu quem vou fazer
Sou eu que vou chamar e vou surpreender
Sou eu quem vou abrir as portas pra você, então descansa filho
Sou eu quem sou capaz fui eu quem permite
Essa perseguição tudo porque eu quis pra ver se tu lembrava
De um dia me chamar, pra gente conversar
Pra gente conversar; e hoje eu vim tua história mudar

Artista