A Voz – André e Felipe

105
Published on 19 de julho de 2020 by

Se Ele te mandou remar
Rema, rema
Não é a hora de parar
Rema, rema

O que é o vento ou o mar
Diante da voz que tudo fez
Tempestade não pode afundar
Aquele que o próprio Deus mandou
Remar

Difícil é manter a calma
Quando a praia já não posso enxergar
Parece que o outro lado
Fica mais distante ao navegar

Mas eu conheço
A voz que me mandou remar

As ondas já se levantaram
O vento revolto já me fez chorar
Quase perdendo minhas forças
Vejo meu barquinho querendo afundar

Mas eu conheço
A voz que me mandou remar

Deus sabe o que diz
E não errou ao te escolher
Ouça sua voz
Dizendo estou com você
Então confia e vai

Se Ele te mandou remar
Rema, rema
Não é a hora de parar
Rema, rema

Quem abre o caminho
E guia o barquinho
É a voz de Deus

Se Ele te mandou remar
Rema, rema
Confia você vai chegar
Rema, rema

O que é o vento ou o mar
Diante da voz que tudo fez
Tempestade não pode afundar
Aquele que o próprio Deus mandou
Remar

Deus sabe o que diz
E não errou ao te escolher
Ouça sua voz
Dizendo estou com você
Então confia e vai

Se Ele te mandou remar
Rema, rema
Não é a hora de parar
Rema, rema

Quem abre o caminho
E guia o barquinho
É a voz de Deus

Se Ele te mandou remar
Rema, rema
Confia você vai chegar
Rema, rema

O que é o vento ou o mar
Diante da voz que tudo fez
Tempestade não pode afundar
Aquele que o próprio Deus mandou
Remar

Assim conheço
A voz que me mandou remar

Autor Tag