Adoração na Guerra – Léa Mendonça

656
Published on 15 de maio de 2019 by

Neste encontro tu não terás que pelejar
Mexeram contigo e o Meu coração sangrou
Eu sei que és fraco e que não tens nenhuma condição
De vencer a guerra sem a Minha intervenção

Abra os ouvidos, ouça a estratégia que Eu vou te dar
Dispense soldados e armas de fogo pra Eu operar
De ornamento sagrado cubras o teu corpo
E nos teus lábios ponhas um hino de louvor

Então, eu obedeci, em vez de lutar, cantei
Das experiências eu fiz canções, eu só glorifiquei
De santidade eu me vesti, das minhas vontades eu abri mão
Todo apoio natural eu dispensei só pra ver Deus agir

E eu vi um exército de anjos guerreando por mim
Eu ouvi o Senhor dando ordens a meu respeito, eu venci
Quando há adoração na guerra Deus logo vem
E detém toda potestade, Ele vem fazendo como lhe convém

Ele vem na nuvem de fogo, vem no vento oriental
Ele emperra carro de ferro, alvoroça arraial
O Senhor prometeu, o Senhor cumpriu
Só de ouvir o meu louvor o inimigo fugiu

Artista