Bandeira Branca – Anderson Freire

207
Published on 26 de fevereiro de 2019 by

Acalma a minha alma
Assim eu posso ouvir Tua voz
Vasculha o meu interior
Que seja um momento a sós
Retira a ansiedade, Pai, isso me atrapalha
O Teu silêncio dói
Mas sei que ele constrói uma casa edificada

Eu sei que me visitas, Pai
No pingo de uma lágrima
Na porta que se fecha
No não que eu recebo
No silêncio de uma madrugada
As vezes não percebo, Pai
A ansiedade me distrai
Visita-me, agora, acalma minha alma
E por favor, não vás

Por fora é fácil sorrir
Mas por dentro não é, não
Te peço, oh, Senhor
Toca na minh’alma
Governa o meu coração
Travando uma guerra
Estou entre a paz e essa dor
Mas Te convido, Pai
Sê a bandeira branca no meu interior

Autor: André Freire

Artista Tag