Barquinho – Dalete Hungria

27
Published on 11 de agosto de 2022 by

Mais uma vez
O vento soprou tão forte e em meio ao mar
Lá estava eu quase sem forças pra navegar
E o meu barquinho quase naufragando
Eu pensava estar sozinho
Mas é que o vento e a fúria do mar
Não impedem o agir do pai

Pois em meio as lutas ele sabe bem o que faz
Ele conhece os meus pensamentos
Sabe bem onde é minha dor
E como um amigo
Ele me diz pode ficar tranquilo
Pois o dono do mar ainda sou eu
Eu sou teu Deus
Pode descansar
Pode contar comigo
Pois eu te guio e livro do perigo
Até o porto seguro então chegar
Aonde vou te abraçar

Eu vou confiar
Vou navegar com meu barquinho lá em alto mar
Ultrapassar os meus limites pra poder chegar
E conquistar vitória
Eu sei que tá difícil agora
Mas Jesus no meu barquinho está

Tudo vai passar se Jesus está no barco então
Tudo vai passar e a calmaria vai chegar então
Tudo vai passar a ordem é pra continuar
Do outro lado você vai chegar

Artista