Caiu Babel – Fernanda Brum ft. Biorki

88
Published on 8 de agosto de 2018 by

Nas cenas dos vitrais, nas telas de Van Gogh
Não consegui Te achar
Nas ruas de Istambul, no glamour de Hollywood
Eu não Te vi por lá
Meu ego tão fugaz fez de tudo pra Te resistir
Mentiu, fingiu pra mim
Me arrastei no lamaçal, no labirinto do leviatã

À meia-noite o sol reluziu pra mim
Caiu Babel de vez!
Meu sujo interior recebeu da Tua cachoeira
Me libertou!

Querendo pertencer, já Te procurei em todo lugar
De alma cega tateando pra Te encontrar
Desilusões, frustrações, eu me confundi
Fui tão longe que pensei que não fosse mais Te ouvir
Já tive medo de não achar o caminho de volta
Perdido entre teologias e a minha revolta
Mas entre vozes e vozes gritando: Quem é o Senhor?
Somente a Sua voz tem o sotaque do amor
E eu vi diante de mim uma estrada
E ouvi a voz que me chama pra casa
Em casa já não me sinto perdido
Mas guardado e protegido no local chamado paz
Quem faz por merecer o convite?
Quem mais vai desfrutar do banquete?
Meu Pai, escolhe então, não se intimide!
Babel cai, abra a porta e entre!

Autores: Livingston Farias, Emerson Pinheiro, Fernanda Brum e Biorki




  • Artista Tag