Canção de Jó – Daniel Ludtke

207
Published on 1 de fevereiro de 2020 by

Não sei o final da minha história
Mas sei que tu, ó Deus já sabes agora
Tudo que tenho passado
Sei que algum lugar há um propósito (oh oh oh)

Eu já falei tantas coisas que me arrependi
Te conhecia de ouvir falar
Pela fé os meus olhos Te veem
Meus olhos Te veem

Mas hoje eu sei que o meu Redentor
Vive e por fim se levantará
Sobre a Terra, sobre a Terra
E revestido este meu corpo
Em minha carne eu verei a Deus
Não outros olhos mas os meus

Mas hoje eu sei que o meu Redentor
Vive e por fim se levantará
Sobre a Terra, sobre a Terra
E revestido este meu corpo
Em minha carne eu verei a Deus
Não outros olhos mas os meus

Não outros olhos mas os meus
Não outros olhos mas os meus
Não outros olhos mas os meus
Não outros olhos mas os meus

De saudade desfalece o meu coração
De saudade desfalece o meu coração

Mas hoje eu sei que o meu Redentor
Vive e por fim se levantará
Sobre a Terra, sobre a Terra
E revestido este meu corpo
Em minha carne eu verei a Deus
Não outros olhos mas os meus

Eu nem preciso ter em dobro
O que perdi, só quero ver Teu rosto
Mesmo que eu jamais entenda
Todos os motivos, todos os porquês
Pela fé eu me agarro à certeza de que vou Te ver
Um dia vou te ver

E tudo entender
Tudo entender
Sigo pela fé sem ver
Sigo pela fé sem ver

Autor