De volta ao jardim – Raony Farsura feat PG

338
Published on 27 de agosto de 2019 by

Tudo se formou ao som de sua voz.
Quando disse haja, tudo então se fez.
Do barro fez o homem, para O adorar.
Para O adorar!
Para O adorar!

Colocou no jardim
Sua imagem e semelhança.
Criador e criatura conversavam todo dia.
Era um homem sem pecado,
Inocente sem maldade,
Face a face com Deus.

Mas, a serpente tentou os planos de Deus frustrar.
O homem do jardim, ela conseguiu tirar.
E agora, a semente do pecado
No coração do homem plantada estava.
O preço pago pelo pecado,
Criador e criatura foram separados.

Ô, ôôôÔô, ôôôÔô, ôôôô, ôôôôô, ôôôÔô, ôôôÔô, ôôôô…

Está consumado!
O preço já foi pago!
Na cruz, o sangue foi derramado.
A cabeça da serpente Ele vai esmagar.
Era o cordeiro, mas agora é leão.
Da tribo de Judá!
Da tribo de Judá!
Da tribo de Judá!

O sonho não morreu,
Deus estabeleceu
Aliança de sangue
E uma nova história começou.
A cruz não foi o fim.
Mas, fez de mim jardim.
Quando o véu se rasgou,
A comunhão voltou.

Ô, ôôôÔô, ôôôÔô, ôôôô…

Artista