Descansa – Hudson Almeida, Leandro Borges

596
Published on 19 de outubro de 2019 by

Onipotente, ele é o meu deus,
A minha fortaleza.
Deus que me livra, que me protege,
O escudo meu.
Altíssimo, habitação e refúgio meu.
Não temerei por mal algum
Eu o louvarei! O louvarei!
Descansa minhʼalma em deus.
A minha esperança d’ele vem!
A rocha que me salva,
A minha torre alta.
Não me abalarei!

Artista