Estou Contigo – Os Levitas

59
Published on 26 de março de 2020 by

De tanta vergonha eu, já estou cansado de viver, sua dupla honra Deus, será que vou morrer sem conhecer
Desta vez é diferente, não estou conseguindo reagir, a este vento veementemente parece que vai me destruir
Eu subo em seu altar e canto com alegria, mas só tu conheces o meu dia a dia, o cheiro de morte que vive a rondar, a casa que prometeu sempre abençoar, por isso senhor estou me humilhando, de socorro imediato estou precisando, por favor rompa o silêncio e fala comigo, trazendo um pouco de paz para este coração aflito!
Filho o que você quer pode não ser o que precisa, só eu sei o que pode fazer bem a sua vida, então lance sobre mim toda a sua ansiedade, só então irás saber o que é sentir paz de verdade
Estou contigo
Se o vento forte atingiu a sua casa saiba que eu permiti, trabalho desse jeito eu abato e humilho mas depois faço subir, ninguém entende o meu modo de agir só eu quem posso explicar, mas jamais provei, um filho além do que consiga suportar, filho aguente mais um pouco, sou teu Deus e continuo trabalhando, o processo é doloroso saiba filho é porque estou te moldando, mas no meu tempo esteja certo que vou te surpreender, ainda não é o seu fim, tem coisa nova esperando por você

Artista