Eu clamo a Ti – Paulo César Baruk ft. SYNC3

694
Published on 29 de junho de 2019 by

Quando a ilusão desaparece
E minha fragilidade é revelada
Quando o coração não mais se aquece
E a vida já não vale nada

Quando minha razão perde o sentido
E eu reconheço_ que sei pouco/não sei nada
Quando nem me lembro quem eu sou
Quem me fez ou para onde vou

Eu clamo a Ti,
És meu consolo/em meio ao choro, eu clamo a Ti
Eu clamo a Ti
És meu socorro, eu clamo

Tu és aquele que me guarda
Confio em Tua palavra
Eu não temerei, eu não temerei

És fortaleza, minha salvação
Estou seguro em Tua forte mão
Não temerei, eu confiarei em Ti

E ainda que a figueira não floresça
Mesmo que o esperado não me aconteça
Eu confiarei, eu confiarei
E descansarei em Ti
Eu me alegrarei, eu me alegrarei
E descansarei em Ti

Eu não temerei, eu não temerei
Eu confiarei, confiarei em Ti
Eu não temerei, eu não temerei
Eu confiarei, confiarei em Ti

Artista