Lance a Rede – Daniel Ribeiro

104
Published on 27 de fevereiro de 2020 by

Amanheceu e a pesca não aconteceu
O peixe esperado não apareceu
Os homens fracassaram, e o povo percebeu
Vergonha e desânimo entre os seus
Adormeceu a esperança de lançar
As redes novamente pra pescar
O homem entristeceu, a esperança morreu
Então o nazareno apareceu
Apareceu… o nazareno agora apareceu
Mandou lançar a rede
O homem obedeceu, e a rede como nunca se encheu

Lance a rede… o mestre autorizou pode lançar
Não podes fracassar, ele não vai deixar
As redes nesse mar vão se fartar
Lance a rede… eu sei que a nuvem negra vai passar
O tempo da bonança vai chegar
Pois com você no barco o mestre está!

Adormeceu a esperança de lançar
As redes novamente pra pescar
O homem entristeceu, a esperança morreu
Então o nazareno apareceu

Lance a rede

Autor