Livre – Melissa Barcelos

18
Published on 4 de janeiro de 2019 by

Eu vivi e tantas coisas aprendi
Mas ainda um vazio eu sinto em mim
Corro em desespero atrás de amor e paz
Os meus sonhos ficaram para trás

Tento abrir os olhos para enxergar
E palavras de meus lábios expressar
Mas é vão o meu esforço em tentar
E sozinho ainda insisto em lutar

Perdão, Senhor
Como posso deixá-lo?
Como posso negá-lo?
Sou tão fraco na dor
Vem Senhor, segure firme a minha mão
Não posso mais viver sem que o meu Deus habite em mim

Minhas lágrimas eu vejo em seu olhar
Em seu coração esta o meu coração
Meus pecados nas marcas de suas mãos
Com seu manto a dor a culpa cobertos estão

Perdão, Senhor
Como posso deixá-lo?
Como posso negá-lo?
Sou tão fraco na dor
Vem Senhor, segure firme a minha mão
Não posso mais viver sem que o meu Deus habite em mim

Livre, do pecado e da dor
Hoje eu sou livre
Já não sinto mais temor
O meu vazio foi preenchido
Com a presença do Santo Espírito
Nova vida tenho, pois Cristo me transformou

Perdão, Senhor
Como posso deixá-lo?
Como posso negá-lo?
Sou tão fraco na dor
Vem Senhor, segure firme a minha mão
Não posso mais viver sem que o meu Deus habite em mim
Não posso mais viver sem que o meu Deus habite em mim

Artista