Metade do Filho – Ariely Bonatti

5
Published on 3 de novembro de 2018 by

Foi Salomão um homem ungido por Deus
E escolhido para o seu povo julgar
Um grande rei em Israel
Foi Salomão, sabedoria não se via
E não havia em outro rei, outro lugar
Era o mais sábio entre as nações

Duas mulheres ali chegaram chorando
De frente à aquele rei logo foram falando
O vivo é meu filho, o dela é quem morreu
A outra também disse: “esse filho é meu”

Estava em meu seio quando eu acordara
E a criança dela morta já estava
Por isso, rei, te peço: “julgue ao meu favor”
Deus sempre é fiel e da mãe sabe a dor

E o rei disse: “traga esta criança, eu vou cortar”
E a metade do filho a cada mãe vou entregar
E uma espada afiada o rei desembanhou
E uma daquelas mulheres
Suplicando então falou

“Entregue o meu filho à outra
Melhor que o vê-lo morrer”
Salomão se levantou e o veredito o fez saber
Entregou o menino à aquela mãe
E disse em bom som:
“Somente o amor de mãe teria a tal decisão

Justo! Revela o escondido
Justo! Socorre os aflitos
Ele é Deus, é Poderoso, o Rei das nações
Desaloja os mistérios que escondi no coração

Justo! Enxerga sentimentos
Justo! Faz check-up por dentro
E desvenda os segredos
Que os olhos não veem
E os seus sonhos perdidos faz acontecer




  • Artista