Não Mando em Mim – Leandro Borges

677
Published on 11 de março de 2019 by

Eu entreguei o volante da minha vida nas mãos de Deus
E agora ele está me guiando,
Está me levando,
Segundos os planos seus
Me preparei pra receber, lhe convidei
Pra se assentar no trono do meu coração
Eu decidi me sujeitar ao seu querer
E obedecer somente a sua direção
Agora Ele é meu dono
Uooh
E eu não mando mais em mim
Não, não, não, não

E é tão bom viver assim
Sendo eu mas não ser dono de mim
Nunca me senti tão vivo assim
Depois que morri pra mim e para Ele renasci
Ele é o meu dono
Uooh
E eu não mando mais em mim
Não, não, não, não

Depois que Ele assumiu o volante eu nunca mais me acidentei
Aqui no banco do passageiro reclinei a poltrona e finalmente descansei
Me sinto tão seguro e não tenho medo daquilo que o futuro reserva para mim
O caminho que trilhamos é estreito,
Mas o prêmio Dele é a salvação
Agora Deus é o meu dono
Uooh
E eu não mando mais em mim
Não, não, não, não.

Artista