Ou Você Fala ou Eu Falo – Rayanne Vanessa

18
Published on 3 de outubro de 2020 by

O que fazer diante de uma difamação
Só quem já passou por uma difamação entende o que é ser julgado sem dever
A maldade pode até ser grande, mas não é superior ao cuidado de Deus.

Quando a razão enche teu peito
Revidar parece ser o plano perfeito quando já não há nenhum sentido em reprimir a voz
A justificativa se expande é que a humilhação foi muito grande
E eu preciso defender a minha vida de uma forma mui veloz
Eu não vou deixar que fique assim
Se eu não falar quem vai falar por mim?
E até o discurso de razão você criou

Mas hoje eu vim aqui para te dizer que o meu plano é melhor para você
Só basta confiar em mim
Você pode optar por responder
Mas não vai valer a pena perceber
Que vencer por palavras não traz paz ao coração
Tenha calma e não saia do lugar
Do meu jeito eu vou te justificar
Só entrega tua vida e os teus caminhos em minhas mãos

É no teu silêncio que eu revelo a minha voz
Quando você calar
Falo por mim falo por nós
Ou eu te justifico ou você fica com a razão
Ou é à força do seu braço ou é o poder da minha mão
Teu argumento é bom, mas não protegerá você.
Porém experimente descansar em meu poder
Ao som da minha voz eu abro, mar o mundo abalo.
Mas você precisa escolher ou você fala ou eu falo
Quando você fala o problema perpetua
Quando eu falo o mar se torna uma rua
Quando você fala continua como está
Quando eu falo faço até o sol parar
Ao som da minha voz o surdo ouvir o cego vê
Ao som da minha voz o morto volta a reviver
Será que a sua voz faz o que eu posso fazer?
Meu filho se cale eu falo por você

É no teu silêncio que eu revelo a minha voz
Quando você calar
Falo por mim falo por nós
Ou eu te justifico ou você fica com a razão
Ou é à força do seu braço ou é o poder da minha mão
Teu argumento é bom, mas não protegerá você.

Porém experimente descansar em meu poder
Ao som da minha voz eu abro, mar o mundo abalo.
Mas você precisa escolher ou você fala ou eu falo

Artista