Outro Na Fornalha – Mari Borges e Sarah Beatriz

85
Published on 3 de março de 2022 by

Há uma graça
Se estou em meio ao fogo
Outro caminho
Se nada me restou
Quando olho o que fez em mim
Onde estava e onde estou aqui
Eu sei, sozinho não estarei

Havia um outro na fornalha
Andando junto a mim
Havia um outro em meio às águas
Fazendo o mar se abrir
E se preciso ser lembrado
Como fui liberto em Ti
Há uma cruz que mostra o preço
Que Jesus pagou por mim

Há um outro na fornalha

Sob às águas
Está o meu passado
Nunca mais o pecado
Vai me escravizar
Se tropeçar no meu caminhar
Me levantarei, eu persistirei
Sigo em frente e ao mundo
Não vou me prostrar
Eu sei, sozinho não estarei

Há um outro na fornalha
Andando junto a mim
Há um outro em meio às águas
Fazendo o mar se abrir
E se preciso ser lembrado
Como fui liberto em Ti
Sei que o poder que vence a morte
É o poder que vive em mim

Há um outro na fornalha

Vejo Tua luz sobre as trevas
Todo mal se rende a Ti
Ouço o rugir lá do alto
Tua presença está aqui
Sinto o chão tremer sob os meus pés
As muralhas vão cair
Nada nos separa, nada nos separa

Não há nome igual
Ao nome de Jesus
O que era, que é
E pra sempre será
Mesmo que não saiba o que virá
Sei que Tua verdade não falhará
Eu sei, sozinho não estarei

Haverá outro na fornalha
Andando junto a mim
Haverá outro em meio às águas
Fazendo o mar se abrir
E se preciso ser lembrado
Quão bom Tu és pra mim
Me alegrarei em meio às lutas
Pois sei que estarás ali

Artista Tag
- publicidade -