Pássaro Livre – Amilton e Marlene

1,562
Published on 27 de abril de 2017 by

Como nave sem rumo navegava sem Deus
Era um prisioneiro dos pecados meus
Como barco à deriva sem leme no mar
A minha alma cansada só fazia chorar
Eu não tinha esperança de ter salvação
Estava acorrentado em uma prisão
Parecia que o sol não brilhava pra mim
Era um pesadelo que não tinha fim
Só restava amargura em volta de mim

Quando ele chegou foi dizendo assim:
Esse teu sofrimento eu vou por um fim
Esse alguém é Jesus me pegou pela mão
E me disse: “Estas livre!”
A minha gritou: “Hoje livre estou!”
Os grilhões se abriram eu saí da prisão
E agora bem alto eu posso cantar como um
Pássaro livre

Como nave sem rumo navegava sem Deus
Era um prisioneiro dos pecados meus
Como barco a deriva sem leme no mar
A minha alma cansada só fazia chorar
Eu não tinha esperança de ter salvação
Estava acorrentado em uma prisão
Parecia que o sol não brilhava pra mim
Era um pesadelo que não tinha fim
Só restava amargura em volta de mim

Quando ele chegou foi dizendo assim:
Esse teu sofrimento eu vou por um fim
Esse alguém é Jesus me pegou pela mão
E me disse: “Estas livre!”
A minha gritou: “Hoje livre estou!”
Os grilhões se abriram eu saí da prisão
E agora liberto eu posso cantar como um
Pássaro livre

Artista Tag

Add your comment

Your email address will not be published.