Raiou o Dia – Arautos do Rei

560
Published on 13 de janeiro de 2017 by

Não há o que fazer,
Nem nada a dizer,
Perderam o amigo melhor
E agora calou,
Quem tanto falou
E assim foi que tudo acabou.

Os planos sonhados,
Agora frustrados,
Se foram quando Ele morreu;
A dor no jardim,
A tristeza sem fim,
Oh, como a noite custou para mim.

coro

Raiou o dia
E a noite chegou ao fim.
A tumba então se abriu
E a fé ressurgiu!
Raiou o dia
E o sol despontou, enfim!
A vida então brilhou,
Quando o dia raiou.

O anjo, a visão,
O Ser em sua mão,
As bodas, a água, o pão.
Mas tudo passou,
A turba levou,
O Filho que amava e criou.

Na hora da morte,
Deitando a sorte,
Disseram: “Ele é tão comum.”
No entanto, Maria,
Sabia e sentia,
Que o seu Filho ressuscitaria.

Artista Tag

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

6 − três =