Só Eu e Deus – Obede e Tainá

128
Published on 4 de fevereiro de 2021 by

No silêncio , me ajoelho e desabafo só eu e Deus
O tempo que não chegou, hora que não passou
A noite fria que não cessou
E me pergunto onde está o meu Deus
Será que Ele me abandonou
Será que Deus me esqueceu
Ouço o vento forte tentando me parar
Mas ouço outra voz suave
Como uma brisa me falar

Descansa, confia
Tranquiliza o teu coração
Eu estou no controle da embarcação
Se é tempestade eu faço acalmar
Se é vento forte mando se aquietar
O teu barco não vai naufragar
Ao mar de calmaria irei te levar

Só eu e Deus, Só eu e Deus, Só eu e Deus

Artista