Sobre Ele – Amanda Rodrigues

109
Published on 5 de outubro de 2019 by

Como pedir coroas a um Rei
Que da Sua glória se despiu
Como exigir riquezas de um Rei
Que a cabeça não tinha onde reclinar

E como pedir honras a um Deus
Que maldito se fez
E coberto de vergonha foi por amor
Como eu posso ser assim
Querer tanto quando Ele não quis
Nada além de me amar

E todos os Seus passos só me falam que o que
Ele espera de mim é renúncia
É morrer pra mim mesmo, é tomar minha cruz
E seguir os Seus passos

Se eu não sou capaz de fazer morrer minhas vontades
Tão pouco posso ser chamado um discípulo Seu

A simplicidade Ele trazia no olhar
E tudo que Ele fez foi só pensando em nos amar
E ao ler sobre Ele, ao cantar sobre Ele
Eu me pergunto onde a essência foi parar?

A Sua comida era vontade do Seu Pai
E o que fugia disso Ele deixava para trás
A minha paz custou o Seu castigo
O meu pecado foi moído
Cordeiro de Deus, Seu nome é Jesus

E entre o que eu ouço por aí
E o que eu leio sobre Ele eu só acho contrastes
Precisamos nos lembrar, a verdade retornar
Alguns conceitos repensar

Não se preocupou em ajuntar riqueza
E nEle não se achava nenhuma beleza
Pelos Seus foi rejeitado e duramente açoitado
E entregue pra morrer numa cruz
E quando eu digo que quero imitá-lo e ser igual a Ele
Será que eu sou consciente do que isso quer dizer?

A simplicidade Ele trazia no olhar
E tudo que Ele fez foi só pensando em nos amar
E ao ler sobre Ele, ao cantar sobre Ele
Me pergunto onde a essência foi parar?

A Sua comida era vontade do Seu Pai
E o que fugia disso Ele deixava para trás
Eu preciso ser como Ele e deixar tudo por Ele
Mais do que ler, falar, eu preciso viver Jesus
Viver, viver Jesus
Mais do que ler, falar, eu preciso viver

Artista