Sopra – Claudia Canção

7
Published on 28 de abril de 2021 by

Onde sopra o vento
Eu sei que lá está a tua mão
E é tão certo disso que eu te sinto aqui
No meu coração

É tão bom poder te ouvir na brisa
Que me diz pra não temer o vento forte

Sopra, faz em mim o teu querer e sopra
Pois enquanto isso a tua obra em mim, se faz
Muda, tudo de lugar e trás a cura
E assim o vento não me assusta
Pois nele Estás
Nele Estás
Seja brisa ou vento forte
Nele Estás

Na calma da brisa eu posso sim sentir, a Tua mão
Mais eu sei que o vento forte também vem
Por tua direção
Sempre após o temporal, vem calmaria
E o sol que se escondeu, de novo brilha

Sopra, faz em mim o teu querer e sopra
Pois enquanto isso a tua obra em mim, se faz
Muda, tudo de lugar e trás a cura
E assim o vento não me assusta
Pois nele Estás
Nele Estás
Seja brisa ou vento forte
Nele Estás

O vento ouve o Teu mandar
E obedece o teu falar
E o meu trabalho é só crer
Em Ti não preciso temer

Sopra, faz em mim o teu querer e sopra
Pois enquanto isso a tua obra em mim, se faz
Muda, tudo de lugar e trás a cura
E assim o vento não me assusta
Pois nele Estás
Nele Estás
Seja brisa ou vento forte
Nele Estás

Nele Estás
Seja brisa ou vento forte
Nele Estás

Artista