Tempo – Daniel Berg

38
Published on 29 de julho de 2020 by

É Tempo de Voltar
Por as coisas no Lugar
Corre que da tempo
Por que o dono do tempo
Já esta pra chegar.

Tempo de perdoar
Mesmo sem se abraçar
Pois o tempo é passageiro
E ele passa ligeiro
Quando vai não volta.

Tempo de rever os conceitos
Concertar os erros
Voltar ao primeiro
Ao primeiro amor
Aonde tudo começou.

Refrão
O relógio esta correndo i
Eu não quero mais viver assim
Que saudade de voltar ao início
O amor do princípio
Onde os meus joelhos tocavam ao chão
E tua presença vinha em minha direção
Incendiavam minha alma e o meu coração
E prostrado rendido levantava as mãos
Eu quero voltar ao começo.

E não ser mais o mesmo
E não ser mais o mesmo
E não ser mais o mesmo
E não ser mais o mesmo.

Autor