Toda Vez Que Você Me Vê – Palavrantiga

71
Published on 12 de fevereiro de 2020 by

É verdade
Toda vez que você olhar
Vai ver o que tem de ver
Vai ver o que tem de ver

É verdade
Toda vez que você me olhar
Vai ver o que tem de ver
Vai ver o que vê em você

Ponho o meu rosto no espelho
Eu não reconheço a mim mesmo
Fecho os olhos, chego perto de enxergar
Tento me ver, antes de mirar você

Mas o vício do pensamento
É venda que encobre o tormento
A cegueira toda é tipo um jeito tolo de pensar

Atravessa a alma da gente
Sem aviso assim de repente
A certeza que me diz
Repara, é preciso confiar pra desvendar

E brilharão seus olhos outra vez
Depois de tão forte escuridão
Verá completamente quem eu sou
Então segure a minha mão
Que essa luz resistirá!

Toda vez que você me vê!
Toda vez que você me vê!
Toda vez que você me vê!
Você me vê
Você se vê

Autor