Tu És Deus – Dalete Hungria

185
Published on 16 de janeiro de 2021 by

Se o dia não brilhar, Tu és.
Se a chuva não cessar, Tu és.
Se a porta não se abrir,
Continuo a te servir, continuo a te adorar.

Se o deserto me abater,
eu vou aguentando até vencer,
Não vou entregar os pontos não,
Eu sei que o melhor pra mim, está em tuas mãos.

Se o dinheiro me faltar, Tu és,
Se a doença me cercar,
Tu és, a cura para mim,
Quem me ajuda a prosseguir
E entender os planos teus.

Se a noite não passar
Tu és quem comigo vai ficar,
Tu és, esperança para mim,
Não importa o que vier,
Sobretudo, Tu és Deus.

Se o deserto me abater,
eu vou aguentando até vencer,
Não vou entregar os pontos não,
Eu sei que o melhor pra mim, está em tuas mãos.

Se o dinheiro me faltar, Tu és,
Se a doença me cercar,
Tu és, a cura para mim,
Quem me ajuda a prosseguir
E entender os planos teus.

Se a noite não passar
Tu és quem comigo vai ficar,
Tu és, esperança para mim,
Não importa o que vier,
Sobretudo, Tu és Deus.

No monte ou no vale, Tu és Deus!
Eu ganhando ou perdendo, Tu és Deus!
Sou a voz que te adora, Tu és Deus!

Se o dinheiro me faltar, Tu és,
Se a doença me cercar,
Tu és, a cura para mim,
Aquele me ajuda a prosseguir
E entender os planos teus.

Se a noite não passar
Aquele que comigo vai ficar,
Tu és, esperança para mim,
Não importa o que vier,
Sobretudo, Tu és Deus.

Artista